Eleita a diretoria do DEL em Tijucas

29/03/2017 9:05

O prefeito de Tijucas, Eloi Mariano Rocha participou nesta terça-feira (28) de mais uma reunião ordinária do Del (Programa de Desenvolvimento Econômico Local). O encontro foi realizado na sede da ACIT/CDL e contou com a presença do presidente da entidade, Rogério de Souza e de demais membros do conselho municipal do Del.

Na ocasião a consultora da Facisc, Carina Casanova auxiliou os conselheiros na apresentação do regimento interno do conselho. “Estamos apresentando os principais artigos do regimento hoje e amanhã todos vocês receberão cópia deste documento para avaliação e possíveis sugestões de alteração antes de aprovarmos em assembleia”, explicou.

Em seguida foi feita a composição da diretoria do Conselho. Como é de praxe, o presidente do conselho é sempre o Prefeito Municipal e além dele, dois nomes ocupam a diretoria como vice-presidentes. Na oportunidade foram eleitos como primeiro vice-presidente Rogério de Souza (presidente da ACIT) e como segundo vice-presidente, Airton Santos Queiroz (representante da Univali).

Ao final da reunião o prefeito Eloi Mariano Rocha, presidente do conselho, falou a todos sobre a importância do trabalho que está sendo desenvolvido. “Esta união dos diferentes poderes e setores da sociedade de Tijucas é fundamental para sua evolução e por isso acredito que teremos muito sucesso nas ações que serão desenvolvidas pelo Del. Com certeza este grupo fará um excelente trabalho, pensando nas necessidades de Tijucas e na melhor forma de contribuir para o crescimento de nosso município”, disse o prefeito.

O presidente da ACIT e vice-presidente do conselho, Rogério de Souza também se manifestou. “Foi justamente pensando em Tijucas que trouxemos o Del para o município e agora é manter firme nosso propósito de ajudar a cidade e começar a executar o planejamento que este sistema nos oferece em prol do desenvolvimento local”, afirmou.

SOBRE O DEL

O DEL busca a formulação de projetos e estratégias interativas e sustentáveis para a cidade. Para isso une empresas, poder público e também alguns voluntários, trocando experiências e ideias para o desenvolvimento do programa. As pessoas envolvidas participam como conselheiros ou como membros das câmaras técnicas, que são responsáveis pelo diagnóstico de prioridades e soluções para a cidade, de acordo com a área de atuação.

Em Tijucas, os grupos já identificaram uma série de prioridades e vocações, com destaque para o agronegócio e para projetos de cunho social, voltados para a infância, a adolescência e moradores de rua.

A próxima reunião do conselho ficou agendada para dia 11 de abril. Na pauta estarão a aprovação do regimento interno e a discussão sobre as estratégias de marketing a serem adotadas pelo programa.

(Texto e fotos: Karina Peixoto Silva)