Grupo Mexa-se pela Vida encerra o ano com excelentes resultados

13/12/2017 12:42

Na manhã desta quarta-feira (13) aconteceu a confraternização de fim de ano do Mexa-se pela Vida, grupo de exercícios do Centro, coordenado pelos profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), da Secretaria Municipal de Saúde. Durante a festa, com o tema “Anos 60”, também foram entregues as avaliações físicas dos participantes, realizadas na última semana.

O Mexa-se pela Vida acontece nas quartas-feiras, no Ginásio de Esportes João Bayer Filho. Atualmente, são 59 pessoas ativas no grupo. Nas aulas, são feitas atividades de alongamento, dança, equilíbrio, circuito funcional, fortalecimento muscular, agilidade. Todas as aulas são ministradas por uma equipe formada por Educadora Física, Enfermeira, Técnica de Enfermagem, Fisioterapeuta e Fonoaudióloga. Quinzenalmente, uma médica acompanha as atividades.

A intenção é promover saúde, prevenindo o aparecimento de doenças. Com o fim das atividades neste ano, foram feitas avaliações físicas de todos os participantes e os resultados foram ótimos. Perda de peso, diminuição da circunferência da cintura, controle da pressão arterial. “Percebemos bastante diferença em relação ao início. Principalmente na taxa de açúcar no sangue e circunferência da cintura. A grande maioria melhorou muito o condicionamento físico também”, destaca a Educadora Física Alexsandra Francisco.

A Fonoaudióloga Priscila Veríssimo Gomes ressalta outros benefícios decorrentes dos exercícios, como a qualidade do sono, melhora da mobilidade e da disposição. Além disso, há a socialização e a criação de um círculo de amizades, que proporcionam novos prazeres aos adeptos do grupo. “O nosso intuito é trabalhar a promoção da saúde. Percebemos muita evolução de vários pacientes. Teve gente que até cresceu, devido à postura”, comenta Priscila.

Dos quase sessenta participantes, apenas cinco são homens. Um deles é Luiz Zenair Barbosa (68), que afirma: “os homens que não vêm porque têm vergonha não sabem o que estão perdendo. É muito bom”. Jair Moreira (66), concorda com o amigo. “Fazer exercício é a melhor coisa que tem. Esse projeto está sendo bom demais pra nós. Precisamos que continue”, pondera.

O Mexa-se pela Vida vai continuar, com certeza. A volta às aulas já tem data marcada: 17 de janeiro. E a outra boa notícia é que há muitas vagas para quem deseja participar. Basta comparecer no ginásio, no dia 17, a partir das 8h. A intenção, para o próximo ano, é de que as atividades aconteçam duas vezes por semana. Além disso, a educadora física Alexsandra reforça o desejo de expandir as atividades para os bairros do interior. Atualmente, Praça e Joáia também têm seus grupos de exercícios físicos.

Certamente, portanto, mais pessoas ficarão felizes com os resultados que a atividade física vai lhes proporcionar. Assim como dona Normélia dos Santos (70), que apresentou os resultados mais expressivos. Ela diminuiu pela metade o nível de glicose, ganhou força muscular e 4 centímetros de altura, devido à melhora da postura e alongamento. E dá a receita: “exercício físico é tudo. Eu caminho todos os dias e na quarta-feira já está programado, eu não falto”.

Texto: Thiago Furtado (Estagiário da Diretoria de Comunicação) / Foto: Larissa Souza.