Mau uso do esgoto pode causar problemas aos moradores e ao meio ambiente

18/09/2017 11:44

Depois da conclusão das obras da Estação de Tratamento de Esgoto de Tijucas, a Prefeitura Municipal, por meio do SAMAE, continua o trabalho para ativar por completo o sistema de tratamento. Atualmente, a fase é de ligação dos domicílios à rede coletora. Para o bom funcionamento do sistema, no entanto, além do trabalho dos órgãos competentes, é preciso que toda a população saiba a maneira correta de utilizá-lo. Algumas atitudes podem prejudicar a coleta e causar danos aos moradores e ao meio ambiente e é preciso estar atento a elas.

A rede coletora de esgotos é dimensionada para conduzir à estação apenas as águas residuais de banheiros, tanques e pias de cozinha. Materiais como plásticos, panos, pedaços de madeira, entulho de construção e óleo de cozinha não devem ser descartados na rede coletora. Descartar estes materiais na rede coletora pode causar entupimentos e rompimentos de rede, provocando o retorno do esgoto para dentro dos imóveis ou extravasamentos nas ruas e nos poços de inspeção (local onde é feita a manutenção e limpeza das redes).

“Os maiores problemas de operação do sistema de esgoto são provocados pelas pessoas que deixam entrar na tubulação coisas que nunca deveriam estar lá”, alerta o Presidente do SAMAE, Jilson José de Oliveira.

Outro problema que afeta a rede coletora de esgoto é o despejo de óleo de cozinha na rede. Junto com outros materiais como panos, plásticos e cabelos, o óleo pode formar uma crosta e entupir a tubulação. A orientação é que as pessoas separem o óleo usado e destinem a cooperativas ou a alguém que produza sabão ou detergente com este rejeito. Além disso, cada imóvel deve ter caixa de gordura e os responsáveis precisam fazer manutenção e limpeza periódicas para evitar transtornos.

É importante ressaltar também que a água da chuva não deve ser destinada à rede coletora de esgoto e sim à rede pluvial, especificamente destinada à água da chuva, coletada através de bocas de lobo nas ruas. O direcionamento irregular da água da chuva para a rede coletora de esgoto também pode provocar extravasamentos e refluxo do esgoto para dentro dos imóveis, porque aumenta o aporte na rede coletora, nas estações elevatórias e nas estações de tratamento, dimensionadas para receber apenas o esgoto doméstico.

Para o bom funcionamento da rede de esgoto, fique atento a estas dicas:

Deve ir para a rede de esgoto:
- água de banho e descarga;
- água de lavatórios, como pia de cozinha, banheiro, tanque;
- ralos de escoamento de banheiros, cozinha, área de serviço;
- água de máquinas de lavar roupas e louças;
- água utilizada por quaisquer outros equipamentos geradores de esgotos domésticos.

Não deve ir para a rede de esgoto:
- água da chuva;
- papéis e panos;
- restos de comida;
- óleo de cozinha;
- bitucas de cigarro;
- plásticos;
- cabelo;
- fraldas, absorventes e preservativos;
- outros objetos que possam entupir o encanamento.

Texto: Thiago Furtado (Estagiário da Diretoria de Comunicação) | Fotos: Samae Tijucas