Moradores da rua Tocantins recebem explicações sobre o sistema de esgoto

06/02/2017 12:58

A fim de esclarecer sobre o funcionamento da rede de coleta e tratamento do esgoto e discutir sobre os problemas que vêm sendo ocasionados pelo novo sistema, o presidente do Samae de Tijucas, Jorge Steil participou de uma reunião na Rua Tocantins, no bairro Universitário na última quinta-feira.

 

A convite dos moradores, o presidente compareceu a um encontro na residência do senhor Assis, acompanhado da engenheira química do Samae, Carolini Machado Rebelo da Cruz. Na oportunidade o Samae fez uma explicação sobre o sistema que foi entregue à comunidade no ano passado e que agora está apresentando problemas de transbordamento em alguns pontos da cidade, entre eles, a referida rua Tocantins.

 

"Foi uma reunião muito positiva, pois vimos que a comunidade compreendeu a situação do Samae e se mostrou disposta a colaborar", disse o presidente.

A engenheira química do Samae fez uma explicação técnica do projeto, relatando o passo a passo de execução da obra até o funcionamento do sistema hoje. "Uma das principais informações que passamos aos moradores foi quanto ao funcionamento do sistema que faz a coleta do esgoto por gravidade e não por sucção. Com isso foi possível fazê-los entender claramente nossa orientação de que água pluvial não pode ser ligada na rede de esgoto", explica a engenheira.

De acordo com o presidente do Samae, após discutirem vários pontos de interesse da comunidade, o grupo já definiu a data para realização de uma nova reunião. O encontro ficou marcado para março, quando o Samae deve voltar à localidade para informar que atitudes serão tomadas pela autarquia a fim de resolver os pontos de transbordamento de esgoto na cidade.

 

(Texto: Karina Peixoto Silva | Fotos: Samae Tijucas)