Prefeitura Municipal de Tijucas

(48) 3263-8100

Movimento escoteiro planeja se instalar em Tijucas

13/08/2019 11:48

O movimento escoteiro está ganhando mais força em Santa Catarina. São aproximadamente 84 mil pessoas envolvidas com o movimento no estado. O município de Tijucas está na lista de cidades onde o projeto deve ser implantado.

Em visita ao Prefeito de Tijucas, Eloi Mariano Rocha, Juliana Frare Zanella, coordenadora distrital do movimento e a chefe escoteira Dionara de Paula apresentaram a proposta de implantação do projeto na localidade do Timbé, onde Dionara reside atualmente.

Tijucas é o único município do distrito que não tem o movimento implantado. Além de Tijucas, também fazem parte as cidades de Itapema, Porto Belo, Camboriú e Balneário Camboriú.

Na visita, as líderes solicitaram apoio da Prefeitura de Tijucas cedendo as instalações de uma escola para realização das atividades. Num trabalho 100% voluntário, os líderes Escoteiros devem se reunir com os pais de alunos da Escola de Ensino Fundamental Madre Sabina nos próximos dias para explicar como o movimento funciona e inscrever interessados.

O objetivo do movimento é trabalhar valores e o fortalecimento do caráter dos participantes, realizando suas atividades aos finais de semana, sempre aos sábados, das 13h30 às 17h.

A vereadora Maria Edésia da Silva Vargas (PT), a conhecida Déda, também participou da reunião demonstrando seu apoio ao projeto. 

Sobre os Escoteiros

O movimento escoteiro é o maior movimento educacional não formal do mundo, presente em cerca de 230 países. É um tipo de educação que não segue os padrões da escola, mas diretivas educacionais.

É dividido em ramos pela faixa etária dos participantes:
•Lobo (7 a 10 anos);
•Escoteiro (10 a 15 anos);
•Sênior (15 a 18 anos) e
•Pioneiro (18 a 21 anos).

Essa trajetória, porém, não acaba aos 21. Depois de completar essa idade, muitos continuam no movimento e passam a ser escotistas, que são os adultos que trabalham voluntariamente na chefia de tropas ou na diretoria de grupos escoteiros.

Desbravadores e Aventureiros

Outro projeto desenvolvido na cidade tem este mesmo formato de escotismo: são os Desbravadores e Aventureiros. Liderados pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, o grupo de Aventureiros é formado por crianças menores de 10 anos, já os Desbravadores são meninos e meninas com idades entre 10 e 15 anos. Após essa idade, quem quiser seguir nos clubes pode fazer parte da liderança.

Em Tijucas, eles se reúnem uma vez por semana na Escola Santa Terezinha, no bairro Universitário, e contam com o apoio da prefeitura para utilizar as instalações da escola. O Clube de Desbravadores Pérolas do Vale foi fundado em 21 de abril de 1996, portanto existe há 23 anos, desenvolvido também por voluntários.

“Nunca é demais esse tipo de projeto voltado à construção do caráter e desenvolvimento de crianças e adolescentes. Os Desbravadores e Aventureiros já fazem um trabalho muito bonito na cidade, com resultado muito positivo. No entanto, acredito que os Escoteiros virão para somar, por isso dou boas-vindas ao movimento”, afirmou o prefeito, professor Eloi Mariano Rocha.

Texto: Patrícia Ferreira | Fotos: Karina Peixoto Silva

© 2019. Prefeitura Municipal de Tijucas
- Santa Catarina - Brasil