Pacientes acamados recebem atendimento odontológico em casa

05/10/2017 12:55

Uma das ações importantes da Estratégia Saúde da Família (ESF) é a agenda de visitas domiciliares para prevenção e orientações em saúde. O que algumas pessoas não sabem, porém, é que o atendimento odontológico também pode ser levado à casa do paciente pela equipe de dentistas do ESF.

Este atendimento é fundamental no caso de pessoas acamadas e em situações de saúde que as impede de sair de casa. Por isso, com frequência, são realizadas visitas pelos técnicos em enfermagem, enfermeiros e médicos e em casos que necessitem de acompanhamento odontológico, os profissionais de saúde providenciam a visita do dentista na referida residência.

Como o atendimento odontológico necessita de equipamentos específicos, geralmente disponíveis apenas em consultórios, o atendimento nesses casos é básico, porém, essencial para manutenção das condições básicas de saúde bucal.

A enfermeira da UBS do Centro, Maeve Coelho Moreira, destaca a importância desta atenção. “A saúde bucal é a porta de entrada para muitas infecções, por isso as equipes precisam ter atenção especial a esta questão”, diz.

É o caso de Benta Cardoso Bissoli (89) e Nivalda Pereira Ramos (60), atendidas pela dentista Caroline Ferreira de Mattos, da ESF na última semana.

Apesar de básicos, Caroline considera os procedimentos
odontológicos feitos na casa do paciente muito relevantes. Muitas vezes, segundo ela, a orientação a pacientes e cuidadores já tem um efeito considerável e pode resolver boa parte dos problemas. Além de fazer avaliações e alguns procedimentos mais simples, Caroline orienta sobre o melhor modelo de escova a ser utilizado, sobre técnicas de escovação e utilização de fio dental, por exemplo.

SOBRE O ESF

A enfermeira Maeve também ressalta a importância do trabalho
em equipe da ESF, em que as ações integradas dos profissionais geram benefícios aos pacientes. Apesar de o atendimento odontológico na casa de pacientes acamados estar nas atribuições da ESF, assim como as visitas de enfermeiros e médicos, ele é menos frequente. Isso porque não é comum que essa demanda seja trazida para os dentistas e, em grande parte, porque as famílias não têm conhecimento deste serviço. Caroline reforça, portanto, a importância de que a família procure os Agentes Comunitários de Saúde, enfermeiros e médicos que os atendem e solicitem a visita do dentista.

“As equipes da ESF estão empenhadas em atender todas as solicitações de atendimento domiciliar que tiverem. E como ressaltam as profissionais, o atendimento odontológico é tão importante quanto os outros cuidados médicos”, diz o secretário de Saúde Vilson José Porcíncula. Para mais informações, procure a unidade de saúde do seu bairro ou entre em contato através do telefone (48) 3263-8800.

Texto: Thiago Furtado (Estagiário da Diretoria de Comunicação) / Fotos: ESF