Ponte da Itinga é interditada para veículos com mais de 12 toneladas

06/04/2017 10:52

O fluxo constante de veículos de grande porte e o peso elevado de carga transportado diariamente por inúmeros caminhões na localidade do Itinga estão preocupando a comunidade local. Segundo os moradores, alguns pontos de sustentação da ponte já demonstram sinais de comprometimento devido ao peso elevado que vem suportando desde sua reconstrução.

Atendendo ao pedido da comunidade, a administração municipal tem acompanhado o caso de perto e, mediante fiscalizações no local e consulta ao departamento estadual responsável pela obra, ficou decidido que não será mais permitido o trânsito de veículos com peso superior a 12 toneladas.

O vice-prefeito e também secretário de Obras, Adalto Gomes, afirma que remeteu ofício à secretaria de Estado de Infraestrutura solicitando a informação quanto à capacidade da ponte. Segundo documento de resposta ao pedido, o secretário de estado Luiz Fernando Cardoso explica que, de acordo com o fiscal e engenheiro responsável pela obra Ivan Amaral e o autor do projeto estrutural, engenheiro Nelson Savaris, a recomendação é de que a capacidade de carga da ponte seja de 12 toneladas.

“O trecho reconstruído foi dimensionado para um Trem Tipo de 40 toneladas, porém, o trecho existente, apesar de ter a mesoestrutura reforçada, permanece com o Trem Tipo existente de 12 toneladas, por isso recomendamos que a capacidade da ponte supracitada seja de 12 toneladas”, diz o secretário em ofício remetido ao vice-prefeito.

Em reunião com moradores da comunidade nesta quarta-feira (5), o prefeito Eloi Mariano Rocha e o vice-prefeito Adalto Gomes informaram a necessidade de limitar o peso de passagem pela ponte. A medida recebeu total apoio dos moradores.

“Estamos atendendo ao pedido da comunidade que, assim como a administração municipal, se preocupa com a possibilidade de condenação da estrutura da ponte e com nova interdição, o que deixaria mais uma vez o bairro isolado, inacessível. Por isso estamos contando com a compreensão e colaboração de todos para evitar este transtorno”, explica.

Segundo o vice-prefeito e secretário de obras, Adalto Gomes, a interdição contará com apoio da Ditran. “Os agentes da diretoria municipal de Trânsito farão fiscalizações no local e a sinalização que já orienta o peso permitido na ponte será intensificada. Pedimos, portanto, para que todos colaborem com esta limitação respeitando a condição permitida e evitando assim, maiores desgastes”, diz.

Confira o ofício do Deinfra aqui.

(Texto: Karina Peixoto Silva | Foto: Secretaria de Obras/PMT)