Portobello destina recursos para o FIA

21/02/2017 12:39

Em reunião realizada no auditório da empresa nesta segunda-feira (20), a Portobello oficializou a entrega de valores destinados ao projeto Hapkido, mantido pelo FIA (Fundo para Infância e Adolescência).

Em Tijucas o fundo é administrado pelo CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), com apoio da secretaria municipal de Ação Social. Segundo a secretária de Ação Social de Tijucas, Rosely Steil, o projeto, que ensina arte marcial gratuitamente a crianças e adolescentes na cidade, é um grande sucesso.

“Além de atender crianças carentes da comunidade, de forma geral, também atendemos jovens encaminhados pelo Ministério Público que cumprem medidas sócio-educativas. Hoje temos mais de 50 nesta condição e nossa maior alegria é ver que a maioria deles passou a trilhar o caminho do bem e muitos estão sendo recuperados”, diz.

Ainda segundo a secretária, um destes jovens, depois de freqüentar o projeto, deixou a criminalidade e hoje é medalha de ouro na modalidade. “Ele tem outra vida, está casado, estudando e trabalhando. Para todos nós, inclusive para a promotoria, é um avanço digno de comemoração”, diz.

A partir da dedução de parte da declaração do imposto de renda, a Portobello destinou ao FIA de Tijucas o total de R$ 41 mil. O cheque, simbólico, foi assinado pelo presidente do Conselho Administrativo e fundador da Portobello, César Bastos Gomes e pelo presidente da Portobello, César Bastos Gomes Junior.

“Temos plena consciência do papel de nossa empresa na sociedade e há muito interesse em ajudar ainda mais a comunidade de Tijucas em tudo que estiver ao nosso alcance. Ao mesmo tempo, esperamos que nossa atitude sensibilize outras empresas e assim vamos criando uma corrente do bem cada vez mais forte”, disse o presidente.

A presidente do CMDCA, Juliana Steil também acompanhou o encontro e na oportunidade agradeceu a Portobello pela contribuição que vem sendo dada aos projetos de Tijucas. “Este apoio é de extrema importância para as crianças e adolescentes da cidade e por isso nos orgulha saber que a Portobello tem esta consciência e preocupação. Esperamos que outros empresários sigam este exemplo”, disse.

Ao final da reunião os alunos do Hapkido, conduzidos pelo mestre Antônio Miranda, fizeram uma apresentação aos empresários presentes.

(Texto e fotos: Karina Peixoto Silva)