Prefeito pede esclarecimentos à Cosatel

10/04/2017 8:31

Em reunião realizada no Samae de Tijucas, o prefeito Eloi Mariano Rocha, o vice-prefeito Adalto Gomes e o presidente do Samae, Jorge Steil, pediram aos representantes da empresa Cosatel – responsável pela execução da obra de saneamento em Tijucas – esclarecimentos sobre os problemas que vêm sendo registrados no sistema da cidade.

Participaram do encontro a engenheira química do Samae de Tijucas, Carolini Machado Rebelo da Cruz, o gerente técnico da Cosatel, engenheiro José Maurício Delinski Junior e o presidente da Cosatel, José Elson Lopes de Freitas.

Durante a reunião foi tratado sobre a responsabilidade da empresa perante a obra, a qual é de cinco anos para defeitos de equipamentos e problemas de instalação.

A empresa também esclareceu que executou a obra seguindo à risca o projeto elaborado pelas administrações anteriores e garantiu que os problemas que estão sendo registrados agora não se devem a falhas na execução dos serviços, mas sim, resultados de uso inadequado do sistema parte da população. “Os moradores estão fazendo ligações das calhas da chuva na rede de esgoto, abrindo tampas dos PV’s (pontos de visitação) e tampas das esperas de ligação das ruas para escoar a água da chuva. Isso gera a obstrução de todo o sistema que é preparado para receber exclusivamente os dejetos do esgoto e não um grande fluxo de água como vem acontecendo”, explicou o engenheiro.

Segundo ele, em outras cidades onde o sistema foi implantado pela Casan este mesmo problema aconteceu e a melhor alternativa é conscientizar as pessoas sobre a forma adequada de ligação e uso do sistema, bem como providenciar a troca das tampas de PVC por tampas de ferro fundido.

Outra sugestão da empresa foi para que a administração municipal entre em contato com a empresa responsável pela elaboração do projeto a fim de verificar a situação dos emissários, que no entendimento do Samae e da própria Cosatel, apresentam deficiência.

“Queremos uma solução para este caso o mais rápido possível, afinal, nossa comunidade tem sofrido com uma série de problemas decorrentes da implantação deste sistema. Seja pela Cosatel ou por alguma medida que a administração municipal tenha que tomar, o importante é que as falhas sejam corrigidas. Por isso esta reunião, que certamente será a primeira de muitas que vamos realizar até buscar a solução ideal”, afirmou o prefeito.

(Texto: Karina Peixoto Silva | Fotos: Samae Tijucas)