Produtores rurais são incentivados a ampliar oferta de produtos para merenda escolar de Tijucas

15/08/2018 12:48

Como forma de incentivar ainda mais a agricultura familiar no município e ampliar a oferta de produtos na merenda das escolas da rede municipal de ensino, a Administração Municipal de Tijucas promoveu uma reunião com agricultores locais nesta quarta-feira (15).

A ação faz parte das atividades do programa Cidade Empreendedora, implantado em Tijucas através do Sebrae/SC e que trabalha, entre outros itens, melhorias no sistema de compras governamentais.

A reunião contou com a presença do Prefeito Eloi Mariano Rocha, do Secretário de Agricultura, José Leal Silva Junior, da Secretária de Educação, Neide Maria Reis e da responsável pelo setor de Compras da Prefeitura, Berenice Gonçalves. O Engenheiro Agrônomo da Epagri, Renato Guardini também esteve presente e colaborou com as discussões.

Na oportunidade, o consultor do SEBRAE/SC Sergio Vicari apresentou aos agricultores um levantamento dos alimentos que são cultivados atualmente no município e das culturas com potencial para serem desenvolvidas na cidade. Laranja, tomate, maçã, batatas baroa e inglesa e taiá foram alguns dos alimentos citados como oportunidades para os produtores.

O objetivo é fortalecer a produção local destes produtos, possibilitando que os fornecedores da merenda de Tijucas continuem sendo os agricultores do próprio município. Desta maneira, os investimentos públicos ficam na cidade, contribuindo para a geração de renda, empregos e arrecadação de impostos. Segundo a Secretária de Educação, Neide Maria Reis, a demanda por este tipo de alimento tende a crescer. “Estamos trabalhando continuamente para adaptar nosso cardápio, inserindo novos itens de alimentação natural, bem como o consumo de orgânicos. Então, vamos precisar cada vez mais dessa produção”, afirma.

A iniciativa ainda tem o caráter socioambiental, uma vez que incentiva culturas ecologicamente responsáveis e contribui para a manutenção dos produtores no campo. Além de, é claro, questões econômicas. “O dinheiro precisa circular dentro da cidade, temos que gerar riqueza aqui. É assim que melhoramos o município e a qualidade de vida das pessoas”, enfatiza o Prefeito Eloi Mariano Rocha.

O Secretário de Agricultura, José Leal Silva Junior, ressaltou o compromisso da pasta em dar suporte aos agricultores que se interessarem em seguir este caminho auxiliando na elaboração de documentos necessários para esta certificação. “Temos um quadro técnico bom, apoio da Epagri e estamos à disposição dos produtores para apoiá-los no que for preciso”, garante.

Índice de produtos da agricultura familiar e orgânicos na merenda deve aumentar

A legislação atual prevê que 30% do que é servido na merenda escolar deve vir da agricultura familiar, sendo que 10% deste montante precisa ser de produtos orgânicos. Atualmente, uma pequena parte dos itens da agricultura familiar comprada pela Secretaria de Educação vem de produtores ainda precisa vir de outros municípios da região e o total de produtos orgânicos não é de produtores de Tijucas, por falta de habilitados para isso. Há, portanto, um considerável nicho de mercado a ser explorado pelos produtores locais, sobretudo se considerarmos que estes percentuais devem subir para 50% de agricultura familiar e 30% de orgânicos. O aumento deste percentual está sendo estudado pelo Governo Federal.

Texto e fotos: Thiago Furtado (Estagiário da Diretoria de Comunicação).