Prefeitura Municipal de Tijucas

(48) 3263-8100

Professores de Tijucas participam de curso para prevenção de doenças mentais

11/07/2019 8:53

Visando prevenir doenças psicológicas, desenvolver a autoestima, a autoconfiança, a capacidade de enfrentamento de problemas e promover a alegria, a Secretaria Municipal de Educação de Tijucas está oferecendo o curso “Professores da Alegria”. A capacitação teve início na última segunda-feira, dia 24 de junho, ocorrendo todas as segundas e quintas-feiras à noite, num total de 174 horas de duração.

“Tijucas será o segundo local a realizar de projeto, que já aconteceu em Itajaí como programa piloto. A iniciativa tem como objetivo a preservação da saúde mental das crianças. Pensamos em combater a tristeza profunda, a ansiedade e a baixa autoestima dos alunos, para evitar problemas psicológicos e até doenças psíquicas, como a depressão”, explica a secretária de Educação, Neide Reis.

O curso será ministrado pelo médico psiquiatra James José de Novaes (doutor em prevenção em saúde mental) e contará com a participação do grupo de teatro GATS, de Jaraguá do Sul e também profissionais de outras cidades. Para o doutor James, a ausência de medidas preventivas em saúde mental no Brasil tem levado a um aumento na incidência de transtornos mentais e consequentemente na demanda de indivíduos que necessitam de assistência psiquiátrica e psicoterapêutica na rede de saúde pública.

“A prevenção primária em saúde mental é mais eficaz na infância através da intensificação dos fatores de proteção em saúde mental. Isso ocorre devido ao fato de que os fatores de proteção estão relacionados ao desenvolvimento de características e habilidades pessoais que são mais facilmente modificáveis na infância, tais como: autoestima, autoconfiança e capacidade de enfrentamento”, explicou o psiquiatra.

O curso de formação inclui aulas teóricas e práticas, divididas em quatro módulos:
1) Saúde Mental e Prevenção (24 horas); 2) A Arte do Palhaço (78 horas); 3) Musicalização Infantil (36 horas) e 4) Danças Circulares (36 horas). Desta forma, o curso capacita profissionais de educação para aplicares as chamadas “Oficinas da Alegria” nas classes, desenvolvendo a resiliência das crianças, através do suporte social das atividades terapêuticas lúdicas.

“Uma vez que a maioria das crianças está sujeita aos fatores de risco psicossociais ou eventos da vida estressores em maior ou menor grau, todas necessitam participar de atividades que fortaleçam o aumento da sua resiliência (equivalente psicológico da resistência física), que ocorre com o aumento dos fatores de proteção, promovendo assim prevenção da saúde mental delas. A formação oferecida tem como objetivo dar um embasamento teórico aos professores sobre a psicopatologia infantil, o que possibilita identificar as crianças que precisam ser encaminhadas para o setor de saúde mental”, explana o psiquiatra e coordenador da ação.

Dados

Uma em cada cinco pessoas no mundo sofre com algum tipo de transtorno mental, como depressão, esquizofrenia ou bipolaridade. Esses problemas atingem a população desde muito cedo, em 50% dos casos antes dos 14 anos de idade. Confira os dados abaixo:

  • Incapacitam uma em cada 20 pessoas;
  • 50% dos transtornos começam antes dos 14 anos;
  • 75% dos transtornos começam antes dos 24 anos;
  • Impactam nos índices de mortalidade: suicídios, homicídios e acidentes;
  • A depressão é a maior causa de incapacitação no mundo, na faixa etária entre 10 e 50 anos, sobretudo na idade escolar.

 

Texto: Patrícia Ferreira | Fotos: Educação

© 2019. Prefeitura Municipal de Tijucas
- Santa Catarina - Brasil