Prefeitura Municipal de Tijucas

(48) 3263-8100

Secretaria de Saúde de Tijucas fará plantão de vacinação neste sábado (15)

12/02/2020 10:08

O Ministério da Saúde, a DIVE do Estado de Santa Catarina e a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Tijucas solicitam que toda população compareça aos pontos de vacinação, das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Areias, Joáia, Praça e Centro neste sábado (15), das 8h às 16h.

O objetivo é rever a situação vacinal e a caderneta de vacina, principalmente para doenças como Sarampo e Febre Amarela. De acordo com a coordenadora da Vigilância em Saúde de Tijucas, Elenise Zimmer dos Santos, até o momento, a cobertura vacinal contra Febre Amarela em Santa Catarina é de 84%, abaixo do que é recomendado pelo Ministério da Saúde, que é de vacinar pelo menos 95% do público-alvo.

“Ressalto a importância da prevenção contra a Febre Amarela. A principal medida para se proteger da doença é a vacinação. A dose é gratuita e está disponível em todas as salas de vacina da cidade. A recomendação é que todos acima de nove meses se imunizem. A novidade é que, a partir de 2020, as crianças com quatro anos precisam tomar uma dose de reforço”, destaca o secretário de Saúde, Vilson José Porcincula.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE-SC) em 2020 foram confirmados dois casos de Febre Amarela em humanos em Santa Caratina. Os dois pacientes foram atendidos no Hospital Nereu Ramos, em Florianópolis, unidade referência de infectologia no Estado. Um vindo de Jaraguá do Sul e o outro de São Bento do Sul. Ambos não tinham registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). Dois macacos também foram diagnosticados com Febre Amarela em Blumenau e Pomerode.

“Santa Catarina registrou duas pessoas mortas por conta da doença em 2019. O aumento no número de mortes de macacos neste ano reforça que o vírus ainda circula pelo estado. Por isso é essencial que as pessoas se vacinem como prevenção para esta grave doença”, recomendou a enfermeira Elenise.

Em 2019 também foram contabilizadas nove mortes de macacos por febre amarela nos municípios de Garuva, Joinville, Indaial, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul e Corupá. É importante ressaltar que os primatas não transmitem o vírus, mas ajudam a Vigilância Epidemiológica a identificar o início da transmissão da doença, pois são os primeiros a adoecer.

Febre Amarela

É uma doença grave, transmitida por mosquitos em áreas silvestres e próximas de matas. Apresenta evolução rápida, com quadro febril agudo de até sete dias de duração acompanhado de dor de cabeça intensa, dor abdominal, manifestações hemorrágicas, icterícia e alteração hepática. Na presença desses sintomas é fundamental procurar uma unidade de saúde.

Campanha contra o Sarampo

Entre o dia 10 de fevereiro e o 13 de março, crianças e jovens de 5 a 19 anos devem tomar a vacina contra o Sarampo. A recomendação vale para quem não recebeu as duas doses da tríplice viral (que também protege de caxumba e rubéola) adequadamente. A meta é imunizar 3 milhões de jovens nesta fase, em todo o Brasil.

Mas atenção: a chamada dose zero, aplicada em bebês de 6 meses a menos de 1 ano em momentos de surto, não entra nessa conta. Ou seja, os pequenos que a receberam seguem precisando tomar mais duas injeções, a partir dos 12 meses de vida.

“Neste sábado, dia 15 de fevereiro, acontecerá o “Dia D”. Os Postos de Vacinação estarão abertos para vacinar os brasileiros de 5 a 19 anos. Mas não é porque a Saúde está se concentrando em uma parte da população que outros indivíduos com recomendação para tomar a vacina devem esperar para ir aos postos”, destaca Elenise Zimmer dos Santos.

Em caso de dúvidas, pais e responsáveis poderão contatar a secretaria através dos telefones: (48) 9 9181 4652 e (48) 9 8834 2634 (WhatsApp)

Texto: Patrícia Ferreira | Arte: Larissa Souza | Foto: Divulgação

© 2020. Prefeitura Municipal de Tijucas
- Santa Catarina - Brasil