Prefeitura Municipal de Tijucas

(48) 3263-8100

Tijucas lança campanha de prevenção ao abuso e violência contra crianças e adolescentes

05/08/2020 10:41

De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) com a pandemia do novo Coronavírus e as necessárias medidas de isolamento social e confinamento domiciliar, milhares de crianças e adolescentes estão sob risco ainda maior de sofrer violência física, sexual e psicológica dentro de suas próprias casas.

Diante dessa preocupação, a Administração Municipal de Tijucas, por meio da Secretaria de Ação Social e Direitos Humanos, juntamente com o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), reforça a divulgação de medidas de proteção a crianças e adolescentes e orientações sobre como denunciar casos como esses. A iniciativa integra o projeto “CRAS em tempos de Pandemia”, que já abordou outros públicos nas últimas duas semanas.

“As tensões acumuladas, os temores da pandemia, a intensa convivência familiar, a sobrecarga de tarefas domésticas e o trabalho em casa, ou a falta de emprego e renda, podem ser geradores ou agravantes de conflitos e violências em muitos lares. Violências que já poderiam ocorrer, anteriormente, contra crianças e adolescentes vão se manter e podem até se agravar. Por isso, é fundamental esclarecer a sociedade sobre como pedir ajuda e denunciar”, afirma a secretária da pasta, Bianca Machado.

A denúncia pode ser feita pela própria vítima ou por alguém que veja, escute ou suspeite de uma situação de violência. Segundo a psicóloga do CRAS-Tijucas, Anne Cristine de Melo Pinheiro, neste período, é fundamental apoiar pais, mães e responsáveis para que consigam lidar com o estresse e acolher seus filhos, criando um ambiente de afeto e segurança em casa. “É importante que toda a população esteja atenta, conheça os canais de denúncia e não se cale diante da violência. E cabe a nós garantirmos a continuidade dos serviços de proteção à criança e ao adolescente”, complementa a psicóloga Anne.

Violência Autoinfligida

Durante a fase de isolamento social, também têm se tornado frequentes os relatos de violência auto infligida entre adolescentes, que resultam em automutilação e suicídio. Por isso, é fundamental promover o autocuidado entre eles, especialmente em relação à saúde mental, além da autoproteção. Os adultos também devem ficar atentos aos sintomas que esses adolescentes apresentam. O município dispõe de psicólogos para tratar os casos mais complexos e para casos mais leves o Centro de Valorização da Vida (CVV) pode ajudar. Basta ligar para 188 ou acessar o site www.cvv.org.br.

Onde denunciar a violência contra crianças e adolescentes:

Disque 100 – Vítimas ou testemunhas de violações de direitos de crianças e adolescentes, como violência física ou sexual, podem denunciar anonimamente pelo Disque 100.

Disque 180 – Em casos de violência contra mulheres e meninas, seja violência psicológica, física, sexual causada por pais, irmãos, filhos ou qualquer pessoa. O serviço é gratuito e anônimo.

Polícia 190 –
Se presenciar algum ato de violência, acione a Polícia Militar por meio do número 190.

Conselho Tutelar – Para denunciar casos de violência física, sexual ou psicológica, inclusive por familiares, é necessário notificar o Conselho Tutelar. Em Tijucas pelos números (48) 3263-4782 e (48) 9 9982-2531(plantão).

Ministério Público (Comarca de Tijucas) –
Se souber ou presenciar qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes, denuncie pelo número (48) 3641 – 3802.

CREAS/Tijucas  -
O Centro de Referência Especializada em Assistência Social é responsável por atender crianças, adolescentes e famílias em situação de risco, seja por violência, trabalho infantil, cumprimento de medidas socioeducativas ou violações de direito. Em Tijucas o número é (48) 3263-5756.

"As ações do projeto são de cunho preventivo, visando impedir situações de violência intrafamiliar em tempos de COVID-19, bem como conscientizar toda população de Tijucas. Devido ao contexto em que estamos vivendo, com as famílias em isolamento social, há um aumento na violência tanto contra a mulher, quanto a crianças e adolescentes, bem como a pessoas idosas, que podem ser prevenidas", conclui a assistente social do CRAS, Juliana Steil Maciel.

Mais informações pelo novo número do CRAS - Tijucas: (48) 99915-0368 (Whatsapp)

Texto e Arte: Patrícia Ferreira

© 2021. Prefeitura Municipal de Tijucas
- Santa Catarina - Brasil