Tijucas recebe duas peças de teatro na próxima semana

06/04/2018 12:23

Histórias, música, risadas, encantamento. Tudo isso pode ser proporcionado por espetáculos teatrais. Às vezes, esta é uma realidade distante para boa parte das pessoas. Na próxima terça e quarta-feira (dias 10 e 11), porém, os moradores de Tijucas poderão desfrutar disso de maneira gratuita. O SESC traz a Tijucas, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, espetáculos pelos projetos Baú de Histórias e Palco Giratório. As apresentações acontecem no Anfiteatro Leda Regina de Souza.

Pelo “Baú de Histórias”, acontecem duas sessões na terça-feira (10), às 9h e às 14h. O espetáculo é o “Contos da Corte”, da Cia. De la Curva, em que dois artistas mambembes viajam de reino em reino, colhendo e levando histórias da realeza, fazendo um divertido “leva e traz”. Agora, trarão ao público esses contos populares cheios de encanto, curiosidade e humor.

Já o projeto “Palco Giratório” passa por Tijucas na quarta-feira (11), às 19h30, com a peça “Concerto em Ri Maior”, da Cia. dos Palhaços. A comédia musical surgiu em 2005 a partir de jogos de improvisação de palhaço com a música. Na peça, o maestro e palhaço Wilson Chevchenco apresenta um concerto baseado em sua origem russa e conta com a ajuda de Sarrafo, seu fiel amigo, para executar as obras de sua família e ser compreendido pela plateia, já que não fala o idioma português.

Os espetáculos são todos gratuitos e, por isso, não há motivos para perder. Convide sua família, seus amigos e venha curtir a magia do teatro!

Serviço

Projeto “Baú de Histórias”:
Peça: “Contos da Corte”, da Cia. de la Curva;
Data: terça-feira (10), às 9h e às 14h;
Duração: 40 minutos;
Indicação etária: 4 a 10 anos;

Sinopse: Dois artistas mambembes viajam de reino em reino, colhendo e levando histórias da realeza, fazendo um divertido “leva e traz”. Agora trarão ao público esses contos populares cheios de encanto, curiosidade e humor.

Buscando valorizar a cultura oral e o saber popular, nesta montagem a Cia. de la Curva optou por dar voz aos contos populares. Em meio a uma riqueza inenarrável de possibilidades, focou-se nos contos de encantamento, da época dos reinados: surge assim o espetáculo “Contos da Corte”, uma narração bem-humorada, onde dois artistas mambembes recontam histórias ouvidas em suas andanças. Enquanto Petúnia traz à cena o conto amparado pela oralidade, seu companheiro, Pança, usa e abusa de sua expressividade para sonorizar ou ilustrar corporalmente o que é narrado. O resultado é uma apresentação cômica, dinâmica e extremamente envolvente.

Projeto “Palco Giratório”:
Peça: “Concerto em Ri Maior”;
Data: quarta-feira (11), às 19h30;
Duração: 70 minutos;
Indicação etária: livre;

Sinopse: Uma comédia musical que surgiu em 2005 a partir de jogos de improvisação de palhaço com a música. Na peça, o maestro e palhaço Wilson Chevchenco apresenta um concerto baseado em sua origem russa e conta com a ajuda de Sarrafo, seu fiel amigo, para executar as obras de sua família e ser compreendido pela plateia, já que não fala o idioma português.

O concerto conta ainda com um coral, que é integrado pelo público. A interação dos espectadores é essencial para o andamento do espetáculo. Também são utilizados vários instrumentos como piano, violão, acordeom, castanholas e harmônica. A peça tem muita música, dança, improvisação, participação da plateia e, claro, muita palhaçada.

Texto: Thiago Furtado (Estagiário da Diretoria de Comunicação) / Fotos: Nilton Russo e Divulgação.