Workshop apresenta potencialidades das plantas para a saúde

23/03/2018 12:49

Plantas funcionais, medicinais, fitoterápicas, nutracêuticas, bioativas, PANCs. Todos estes termos podem ser estranhos a muitos de nós. Mas, na verdade, algumas delas já são receitadas há tempos pela sabedoria popular. Atualmente, no entanto, estas plantas têm sido estudadas cientificamente e dado origem a um vasto conhecimento que nos permite utilizá-las na prevenção e tratamento de doenças. É este assunto que vários profissionais estão abordando em um workshop durante todo o dia de hoje (sexta-feira), em Tijucas.

A abertura do evento contou com a presença do prefeito, Eloi Mariano Rocha, do Secretário de Saúde, Vilson José Porcíncula e do Secretário de Agricultura, Pesca e Meio Ambiente, José Leal Silva Junior. Logo no início do encontro, o secretário de saúde ressaltou a importância de levar essas informações à sociedade que, muitas vezes, incorre no erro do excesso de medicamentos e da automedicação.

O Prefeito Eloi Mariano Rocha demonstrou a satisfação do município em receber especialistas com gabarito para falar sobre o tema. Ele sinalizou o interesse em direcionar esforços para que a rede municipal de saúde invista na busca por tratamentos mais naturais. “Esse workshop é o primeiro passo do município neste sentido. Depois de hoje temos que continuar pensando no assunto e cuidar da nossa população, evitar que ela consuma medicamentos em excesso quando há alternativas”, ponderou.

A primeira palestra do dia foi “Plantas medicinais e PANCs, trabalhando os cinco sentidos”, com o cultivador e especialista em plantas medicinais Alésio dos Passos. Ele trouxe uma grande variedade de plantas para mostrar à plateia, explicar as propriedades de cada uma, os modos de utilizá-las e para quais finalidades elas servem.

Alésio é um dos principais especialistas de Santa Catarina. São poucas as cidades do estado que ele ainda não visitou a serviço da divulgação das plantas medicinais. Segundo ele, já existem, atualmente, 29 terapias integrativas (que trabalham com alternativas mais naturais) autorizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Esta é uma evidência de que os esforços neste sentido estão sendo feitos. Por isso, Alésio destacou a importância de o município de Tijucas também estar atento ao assunto.

O workshop continua na parte da tarde, das 13h30 às 17h30. Ainda dá tempo para participar!

Texto: Thiago Furtado (Estagiário da Diretoria de Comunicação) | Fotos: Larissa Souza.