Prefeitura Municipal de Tijucas

(48) 3263-8100

ESCLARECIMENTO: Tijucas não tem casos de Gripe A

23/07/2009

A Secretaria Municipal de Saúde de Tijucas vem a público esclarecer que até a presente data (24 de julho) não foi registrado em nosso município nenhum caso de Gripe A, ou seja, doença ocasionada pelo vírus INFLUENZA A (H1N1), também conhecida como "Gripe Suína".

Apesar dos comentários que têm circulado pela cidade, nenhum caso suspeito nem mesmo confirmado foi registrado em nosso município.

A Secretaria Municipal de Saúde também reforça a informação de que está atenta ao problema que atinge diversas regiões do país - inclusive o estado de Santa Catarina - buscando a capacitação permanente de seus funcionários e mantendo as precauções necessárias.

Uma ação importante de orientação também será adotada na próxima terça-feira (27) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação através de uma reunião com todos os Diretores escolares. A intenção é fazer com que os Diretores repassem aos Professores, e consequentemente, aos alunos e pais, como lidar com o problema e de que forma podem evitar o contágio do vírus.

Apesar de não ter motivo para pânico, é sempre importante tomar algumas medidas preventivas, conforme perguntas e respostas abaixo, e que foram formuladas pela Gerente de Saúde Ocupacional do Governo do Estado de Santa Catarina, Iara Maria Gaieski Pinós.

- Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa?
Até 10 horas.

- O álcool em gel é útil para limpeza das mãos?
Sim, pois torna o vírus inativo e o mata. As medidas de higiene frequentes, como lavar as mãos, e não pôr os dedos na boca, são fundamentais para o bloqueio do processo de transmissibilidade.

- Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?
A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos). O vírus não voa e não alcança mais de um metro de distância num espirro ou na tosse.

- É fácil contagiar-se em aviões?
Não, é um meio pouco propício para ser contagiado. Ninguém fica tossindo ou espirrando muito próximo de nós, existe uma distância apropriada. O avião é mero meio de transporte de pessoas, infectadas ou não.

- Como posso evitar o contágio?
Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia. Procurar não ir à lugares com muitas pessoas, próximas, restritas em ambientes fechados , pouco ventilados. Cá entre nós essas são medidas que devemos ter em qualquer tipo de virose, respiratória ou não.É igual à qualquer gripe dos últimos anos. A evolução é que difere de pessoa para pessoa.

- Qual é o período de incubação do vírus?
Em média de 1 a 7, dias com os sintomas .

- Quando se deve começar a tomar o remédio?
Quando necessário, dentro de 72 horas quando o caso, acompanhado por médico, compreender a necessidade do antiretroviral. O prognóstico nessa situação é muito bom, a melhora é de 100%.

-De que forma o vírus entra no corpo?
Por contato ao dar a mão ou beijar-se no rosto e pelo nariz, boca e olhos. Ele necessita contato direto, por exemplo: de um espirro de alguém contaminado para a mucosa nasal e/ou oral de outra pessoa.

- Quando se inicia o contágio, antes dos sintomas ou até que se apresentem?
Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas. A incubação é de 1 a 7 dias e a transmissibilidade é de 24 horas antes do quadro característico de gripe até 7 dias de quadro instalado.

- Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus?
As mulheres grávidas têm o mesmo risco, mas, se contrair, corre o risco pelos dois. Podem tomar os antivirais mas só em caso de de contagio efetivo e com estrito controle médico.

- Posso tomar acido acetilsalicílico (aspirina)?
Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomando.

- As pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., podem ter maiores complicações que as pessoas sadias, se contagiam-se com o vírus?
SIM. O sistema imunológico, através de nossa imunidade inespecífica é fundamental para nossa proteção. Qualquer pessoa com doença que afete este sistema, ao contrair essa virose, tem uma suscetibilidade maior à complicações.

- O que mata o vírus?
O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão e álcool em gel .

- Que medidas as pessoas que trabalham devam tomar?
As medidas de higiene mais específicas : lavar-se as mãos muitas vezes ao dia e as demais orientações já citadas.

.

(Texto: Karina Peixoto)

© 2022. Prefeitura Municipal de Tijucas
- Santa Catarina - Brasil